Últimos Resultados
14/12/2018

  • 8
  • 44
  • 71
  • 75
  • 80
Conferir resultados

Próximo Sorteio
15/12/2018

Jogar agora!

Quina, há 20 anos fazendo milionários!

Irlandesa ganha R$105 milhões na loteria e doa R$101 à sua cidade

Vista aérea de Strabane

Sim, você leu certo! Uma ganhadora da loteria da Irlanda do Norte decidiu doar quase toda a sua fortuna a projetos de desenvolvimento econômico e social para a cidade de Strabane, sua terra natal. Margaret Laughrey ganhou £27 milhões (R$ 78 milhões) na Euromilhões em dezembro de 2013, o maior prêmio da história da Irlanda do Norte, e planeja ficar apenas com £ 1 milhão (R$3,8 milhões) para ela mesma.

Laughrey estava desempregada há bastante tempo, e vivendo com cerca de R$ 200 por semana, quando um belo dia, ao sair da agência de empregos, resolveu comprar o bilhete de loteria. Quando ela se deu conta que havia ganhado tamanha fortuna, ela não se desesperou e já começou a planejar quem seriam os beneficiários de sua fortuna, afirma. Em sua primeira entrevista já havia comunicado seu plano: “São £27 milhões! O dinheiro está no meu nome agora, mas não será meu, será distribuído.”

A maior beneficiada nessa história é a cidade de Strabane, que agora recebe grandes investimentos de Margaret, principalmente para o desenvolvimento do turismo. Ela já investiu metade de sua fortuna em três empresas que criou na cidade desde maio deste ano. Também já comprou um moinho antigo que estava desativado e agora está trabalhando para transformá-lo em uma atração turística para a região. Uma das empresas que criou, a Rey Mill Ltd, está planejando remodelar o parque industrial da cidade, que está em ruínas, e transformá-lo em uma atração turística, com pistas de boliche, uma pista de karting, instalações desportivas e um restaurante.

Além disso, ela planeja comprar uma área de 22 acres de terra pertencente ao estado, para criar uma vila de artesanía para a cidade, gerando cerca de 80 postos de trabalho. “O plano seria construir entre 30 e 40 unidades de artesanía na área, para o desenvolvimento de trabalhos de carpintaria, serralharia, pintura e tricô, e com seus produtos sendo vendidos aos turistas”, informa Laughrey.

Todo o investimento na cidade visaria principalmente a criação de empregos e um aumento da qualidade de vida dos cidadãos. Laughrey parece não tem ambição alguma de esbanjar de uma vida milionária, e até agora somente usou uma parte do dinheiro para si mesma, em uma viagem de férias. “Há muito talento na área Strabane, as pessoas só precisam receber uma chance para crescer. Todo mundo tem o direito de trabalhar para viver, para sustentar suas famílias, para comprar a sua própria casa, para o seu próprio negócio. Estas são coisas que todos devem ter o direito de fazer.” Explica Laughrey, que viveu metade da vida desempregada e a outra metade com um salário mínimo.

Quando questionada sobre a tamanha doação de sua fortuna à comunidade, ela acrescenta: “Eu sei o que é não ter nada. É por isso que eu estou repartindo toda essa fortuna. strong>Eu não posso perder o que eu nunca tive.”

Os moradores de Strabane, necessitados ou não, estão encantados com a generosidade de Margaret e bastante otimistas e animados com seus projetos para a cidade.

Os nossos sinceros parabéns à iniciativa da nova milionária, que preferiu ajudar os outros e investir em sua comunidade, que viver uma vida de luxos com a maior fortuna já distribuída em loterias na Irlanda do Norte.

↶ Voltar às notícias